O deputado federal Wellington Roberto (PL) minimizou o apoio dos partidos de esquerda ao grupo de Rodrigo Maia na disputa pela Presidência da Câmara. Em entrevista ao Polêmica Paraíba, ele avaliou que deputados das legendas que se aproximaram de Maia votarão em Arthur Lira e não obedecerão os líderes. “Já começaram radicalmente errados”, resumiu.

Segundo Wellington Roberto, o grupo de Lira tem votos dentro de ‘vários partidos’ que decidiram apoiar o grupo de Maia, a exemplo de PT, PSB, Cidadania e PSL,  e agradar governo e oposição. “Minha avaliação hoje é que temos votos até dentro do próprio partido do presidente [Rodrigo Maia], até dentro do DEM, como também de outros partidos que fazem parte desse bloco”, ressaltou.

Ainda de acordo com Wellington Roberto, deputados do PSB formam a maioria em apoio a Lira e devem questionar a decisão tomada pelo líder, em apoio a Rodrigo Maia. Segundo ele, o cenário interno na Câmara dos Deputados é de ‘otimismo’ em prol de Arthur Lira.  “Processo de eleição é sempre de dúvidas, mas estamos em plena ascensão e o resultado, acreditamos, é positivo”, acrescentou.

Nesta sexta-feira (18), anunciaram o apoio, em carta lida por Maia, representantes dos seguintes partidos: PT, PSL, MDB, PSB, PSDB, DEM, PDT, Cidadania, PV, PC do B, Rede.

Bancada da Paraíba

Na prática, dois paraibanos estão na disputa. De um lado, Wellington Roberto trabalha pela eleição de Lira, e do outro, Aguinaldo pode ser o candidato de Rodrigo Maia.

Ao Polêmica, Wellington disse que não quer fazer juízo de valor em relação à posição dos colegas de bancada, e que não deseja ‘tutelar’ o posicionamento deles, mas que vai buscar apoios. “Vou bater na porta de todos, é o meu dever”, finalizou.

Polêmica Paraíba

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui