O maior campeão da Copa do Nordeste agora também faz parte do “clube dos 300 gols” na história da competição. O Vitória, com o triunfo por 3 a 1 sobre o Treze no domingo (4), ultrapassou a barreira das três centenas de bolas na rede no Nordestão, feito até então exclusivo do maior rival, Bahia.

O gol de número 300 do Vitória aconteceu em grande estilo. Aos 12 minutos do segundo tempo, Samuel, de voleio, marcou um belo gol diante do Treze, que ainda viria a sofrer mais um gol, o 301 do Vitória na Copa do Nordeste, que ficou a cargo de Ygor Catatau.

Antes do Vitória alcançar a marca dos 300 gols, apenas o Bahia havia marcado mais de 300 vezes na Copa do Nordeste. O Tricolor tem 317 gols na competição, ou seja, chegou lá na edição anterior do torneio, em 2020. Os rivais baianos são os únicos clubes a terem participado de todas as 17 edições da história da Copa do Nordeste.

Em celebração ao fito do Vitória, vamos apresentar algumas curiosidades sobre os gols do clube na competição. 301 vezes Leão Allann Dellon é o maior artilheiro do Vitória na Copa do Nordeste: 14 gols;   O primeiro gol do clube no Nordestão foi de Flávio Tanajura, no dia 8 de dezembro de 1994.

O resultado da partida foi 1 a 1, contra o Fortaleza;   2002 foi o ano que o clube marcou mais gols: 45;   Agnaldo (1997), Nádson (2003), Marcelo Nicácio (2013) e Yago Felipe (2018) foram artilheiros da Copa do Nordeste com a camisa do Vitória;   7 a 1 foi a maior goleada do Leão, diante do CRB. Alex Mineiro foi autor de quatro gols na partida, válida pela Copa do Nordeste de 1998;   A maior vítima do Vitória na competição é o América de Natal, que sofreu 33 gols.

O Gol

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui