Viés de baixa externo atinge Ibovespa em dia de vencimento de opções sobre índice

A falta de fôlego volta a contaminar os mercados nesta quarta-feira, 13, em meio à espera da votação do processo de impeachment do presidente dos EUA, Donald Trump, que o responsabiliza pela violência ao Congresso americano há uma semana. Entre investidores, a cena política americana se divide com a continuada preocupação com o novo coronavírus, medidas de restrição social e vacinação contra a pandemia ainda considerada em ritmo lento. Isso tudo segue no radar, à medida que coloca em dúvida a velocidade de recuperação global, sem falar do Brasil, onde o dilema da vacina continua. Esse ambiente também influencia os negócios na B3.

Às 11 horas, o Ibovespa cedia 0,46%, aos 123.433,45 pontos, após alta 0,60% na véspera, quando fechou aos 123.998 pontos. Logo em seguida, acentuou as perdas, abandonando os 123 mil pontos (122.962,60 pontos), em baixa de 0,84%.

“O objetivo do Ibovespa é passar os 125 mil pontos, atingidos recentemente”, afirma em nota o economista-chefe do ModalMais, Álvaro Bandeira. No entanto, há alguns fatores no radar que podem limitar a retomada dessa marca. Segundo Bandeira, o avanço da covid-19 no mundo ainda assustam, os lockdowns e perspectivas de novas medidas restritivas também incomodam, além da lentidão da vacinação global.

Istoé 

 

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *