247 – O vice-presidente nacional do PT e ex-prefeito de Maricá (RJ), Washington Quaquá, defendeu nesta terça-feira (15) que o partido apoie a candidatura do deputado Arthur Lira (PP-AL) a presidente da Câmara.

Lira é o candidato apoiado por Jair Bolsonaro para substituir Rodrigo Maia. Segundo o site Agenda do Poder, que cobre a política do Rio de Janeiro, Quaquá argumenta que Lira é um nome do Centrão e aponta eventuais vantagens de uma aliança com o parlamentar.

“O Lira é o candidato do Centrão. O Centrão tem um acordo com o Bolsonaro. Pode ter um acordo com a gente também”, afirmou Quaquá. “O Centrão do Lira é igual ao Centrão de Rodrigo Maia. O Centrão de Lira fez um acordo com Bolsonaro. Isto não quer dizer que ele seja Bolsonaro. Acho, francamente, que Lira tem mais autonomia para lutar pelas pautas democráticas”, acrescentou.

Washington Quaquá teria se reunido com Arthur Lira há cerca de dois meses. Na opinião do dirigente petista, o PT deve apoiar o candidato que “abrir mais espaço de participação e tiver compromisso com a pauta democrática”. “Não tenho nenhum problema com o Lira, pelo contrário. Para falar a verdade, acho que ele pode ter mais condições de avançar”, avaliou.

Já o deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) afirmou, em vídeo publicado nas suas redes sociais e em seu site, que não existe a menor possibilidade de o PT apoiar a candidatura de Arthur Lira. “Hoje o PT é linha de frente na oposição a Bolsonaro e todos os retrocesses que o governo dele representa, por isso, em hipótese alguma, Lira, que é seu candidato, contará com apoio do PT”, afirmou.

A defesa de Quaquá por um apoio do PT vai na direção do que afirmou o ex-presidente do partido José Dirceu que, em entrevista à TV 247, afirmou que a esquerda não deveria ter um candidato próprio na disputa pela presidência da Câmara.

Também à TV 247, o jornalista Breno Altman avalia que a esquerda está “obrigada” a apresentar candidatura própria ao comando da Câmara, para polarizar o debate e defender as bandeiras da esquerda. A defesa de uma candidatura própria da esquerda à presidência da Câmara também já foi feita por parlamentares federais do PT como Rui Falcão (SP) e Natália Bonavides.

Brasil 247

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui