Fábio de Nego Chico teve a liberdade concedida nesta sexta-feira (15) quase um mês após sua prisão. (Foto: Reprodução)

O vereador eleito nas eleições de 2020 pelo município de Marizópolis (Sertão paraibano), Fábio Júnior Alves de Andrade (Fábio de Nego Chico), do Partido Progressistas, que tomou posse na cadeia, teve a liberdade concedida nesta sexta-feira (15). Ele estava na Colônia Penal Agrícola de Sousa após ser preso por envolvimento em assalto a banco uma semana antes da posse. O caso ganhou repercussão nacional.

Nas últimas eleições teve 194 votos sufragados pela população de Marizópolis.Fábio de Nego Chico, de 37 anos, foi alvo de mandado de prisão temporária.As investigações o apontaram como líder de uma quadrilha na região do Sertão paraibano. No entanto, no seu histórico constava passagem pela polícia pelo crime de tráfico de drogas e roubos.

O pedido de revogação da prisão foi concedido pelo juiz José Normando Fernandes, da 1ª Vara Mista de Sousa. O diretor da cadeia, Charles Martins, confirmou ao ClickPB que o vereador saiu da prisão por volta do meio-dia após apresentação do alvará de soltura. A prisão aconteceu no dia 18 de dezembro, conforme o ClickPB apurou, durante a Operação ‘Malhas da Lei’. Já a posse como parlamentar aconteceu no dia 1º de janeiro de 2021, por meio de uma videoconferência na unidade prisional em Sousa.

ClickPB

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui