Após três empates e duas derrotas, o Vasco, enfim, venceu a primeira na temporada. Em São Januário, o Cruz-Maltino bateu o Macaé, por 3 a 1.  O resultado melhora um pouco a situação vascaína no Campeonato Carioca. O time de Marcelo Cabo soma agora cinco pontos e se afasta um pouco das últimas posições.

Com apenas um, a equipe da Região dos Lagos segura a lanterna.  Macaé castiga no único ataque Com dificuldade nos primeiros minutos para infiltrar na defesa inimiga, o Vasco ameaçou inicialmente com um chute de fora da área. Andrey mandou no cantinho e por muito pouco não abriu o placar.

Andrey voltou a aparecer com perigo minutos depois. O meia recebeu na entrada da área e bateu no alto, mas Milton Raphael desviou para escanteio.  O gol vascaíno saiu, enfim, aos 18 minutos. A zaga do Macaé não conseguiu afastar o nono escanteio levantado na área e Gabriel Pec ficou com a sobra para mandar para a rede.

O time da Região dos Lagos usou a bola parada para responder. Dante aproveitou cobrança de escanteio no primeiro poste e empatou de cabeça.  O Cruz-Maltino teve uma chance enorme de recuperar a vantagem com Marquinhos Gabriel, que recebeu cruzamento na área e desviou de cabeça, mas parou em Milton Raphael.

Apesar de ter dominado o primeiro tempo, criando muito mais chances que o rival, o time de Marcelo Cabo sofreu com a única falha defensiva e não foi ao intervalo em vantagem.

Vasco sofre, mas busca vitória O segundo tempo não mudou em nada o panorama da partida. Logo em um dos primeiros ataques, Pec deixou Carlinhos na cara do gol, mas o chute foi defendido por Milton Raphael.

A grande dificuldade vascaína continuou a ser a conclusão das jogadas. Faltava capricho muitas vezes, e Talles Magno, que atuou como referência no ataque, mostrou isso em alguns lances.  Marquinhos Gabriel foi boa opção na bola parada, e apresentou mais eficiência. Em cobrança de falta no cantinho, o meia acertou a trave. Mais tarde, Marquinhos teria chance mais clara, também na bola parada.

Vinícius foi uma das alterações de Marcelo Cabo. Atuando pela ponta direita, fez boa jogada e mandou para Tiago Reis, que acabou derrubado na área: o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Marquinhos Gabriel fez o 2 a 1.  Tiago Reis teve tudo para matar o jogo em contra-ataque.

O atacante saiu cara a cara com Milton Raphael, mas mandou para fora. Para sorte de Tiago, o jovem paraguaio Matías Galarza entrou inspirado e marcou o terceiro gol minutos depois. Com um petardo de canhota, o jovem fez um golaço e confirmou a vitória cruz-maltina.

O Gol 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui