oão Doria na reunião da executiva do PSDB, para tratar sobre as prévias internas para os cargo de candidato a governador e presidente da república. Brasilia, 07-02-2018. Foto: Sérgio Lima / Poder 360

A data de início depende da aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)Sérgio Lima/Poder360 – 7.fev.202

A vacina contra a covid-19 desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac Biotech será testada em 6 estados brasileiros. O anúncio foi feito pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB), em entrevista à imprensa realizada na 4ª feira (1º.jul.2020). A data de início depende da aprovação da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

Ao todo, foram escolhidos 12 centros de pesquisa localizados no Distrito Federal, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Paraná, em São Paulo e Minas Gerais. Segundo Doria, 9.000 voluntários serão selecionados nos 6 estados.

Os estudos são liderados pelo Instituto Butantan, que é vinculado ao governo paulista. O contrato assinado entre a instituição e a empresa chinesa prevê que, além dos testes, o Butantan tenha a tecnologia para a produção da vacina, caso ela se mostre eficaz.

O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, afirmou na mesma coletiva que considera a vacina do laboratório chinês uma das mais promissoras. Ele avalia que os resultados devem estar disponíveis até o fim de 2020.

O Brasil também realiza testes de uma vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford, no Reino Unido, em parceria com a farmacêutica AstraZeneca.

Em nota ao jornal O Globo, a assessoria de imprensa da Anvisa disse estar em contato com o Instituto Butantan para “para analisar e sanar questões técnicas envolvidas na autorização do estudo clínico“. Mesmo sem ter data certa para a liberação dos testes, a Anvisa diz que “o tema está recebendo prioridade máxima, assim como todos os estudos e produtos relacionados ao enfrentamento da covid-19“.

Poder360

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui