O desabastecimento de oxigênio na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Cajazeiras, no Sertão da Paraíba, provocou a transferência de dez pacientes que estavam internados no local. Eles foram levados para o Hospital Regional de Cajazeiras (HRC), que não possuía leitos disponíveis, mas que foram preparados de forma emergencial.

Segundo o Conselho Regional de Medicina (CRM-PB), os dez pacientes foram transferidos na tarde dessa sexta-feira (19) e dois foram a óbito no mesmo dia, depois que já estavam internos no HRC. “A princípio, as mortes não podem ser atribuídas ao desabastecimento de oxigênio”, disse o CRM.

Ainda na noite da sexta (19), o secretário executivo de Gestão da Rede de Unidades de Saúde, Daniel Beltrami, disse ao CRM-PB que já foi providenciada uma usina de oxigênio hospitalar, com previsão de instalação para a próxima quinta-feira (25).

“O CRM-PB solicitará informações oficiais à UPA de Cajazeiras, ao Samu e ao HRC e informará o ocorrido, formalmente, ao Ministério Público Estadual”, disse o CRM-PB.

Portal Correio 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui