Nina Rudchenko, de 57 anos, foi atacada por dois irmãos com um bastão de beisebol em sua casa em Maryanske, na Ucrânia. Torturada por aproximadamente duas horas pelos agressores embriagados, a vítima desmaiou.

Neste momento, os irmãos levaram Nina até um cemitério, onde ela foi enterrada em uma cova rasa. Ao despertar, a ucraniana teve que cavar para tentar se libertar.

“Eles começaram a jogar terra em cima de mim. Cobri o rosto com as mãos para guardar um pouco de ar”, contou a ucraniana, de acordo com o “Daily Mirror”.

“Quando acabaram de jogar a terra, acharam que eu estivesse morta e foram embora”, acrescentou.

A vítima começou a cavar para tentar escapar. Ao conseguir sair da cova, Nina foi caminhando para casa e desmaiou mais uma vez. A mulher só foi encontrada pela irmã no dia seguinte. Ela teve concussão cerebral e fraturas no maxilar e no nariz.

Os agressores, um de 27 e o outro de 30 anos, foram presos pela polícia por tentativa de homicídio.
Istoé 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui