A principal suspeita de matar o motorista por aplicativo, Ewerton Albuquerque Cruz Medeiros, de 25 anos, em um suposto assalto, na sexta-feira (31), é uma travesti. A informação foi confirmada pela delegada Elizabeth Beckhan.

O motorista havia iniciado uma corrida no bairro Nova Brasília. De acordo com a polícia, Ewerton foi atingido por três facadas desferidas a partir do banco de trás do veículo. A vítima ainda conseguiu ligar para o marido contando o ocorrido e conseguiu chegar em casa. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), foi acionado, mas o jovem não resistiu aos ferimentos e morreu na madrugada de sábado (1º).

O jovem guardava dinheiro escondido no carro, mas o celular, que estava à mostra não foi levado.

Equipes da Delegacia de Homicídios realizam buscas pela suspeita.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui