(crédito: Reprodução/Rede social)

O filho de 15 anos de Bruno Covas, Tomás, foi consolado por familiares durante o velório do prefeito de São Paulo neste domingo (16/5). Covas morreu por volta das 8h da manhã, no Hospital Sírio-Libanês, vítima de complicações de um câncer no trato intestinal.

Sobre o caixão fechado foram colocadas as bandeiras do Brasil e de São Paulo. O filho Tomás Tomás recebeu o abraço de Gustavo Pires, assessor especial de Covas e amigo pessoal dele, e de João Doria, governador de são Paulo. O garoto usava a camiseta dos Tucanáticos, da ala jovem do PSDB. O velório de Covas durou pouco mais de uma hora e foi restrito, à pedido da família, para evitar aglomerações.

Velório de Bruno Covas, prefeito de São Paulo
Velório de Bruno Covas, prefeito de São Paulo(foto: Reprodução)

Após a cerimônia, a urna com o corpo do político seguiu em cortejo em caminhão aberto do Corpo de Bombeiros. Emocionado, Tomás ajudou a carregar o caixão até o carro.

Covas morreu aos 41 anos. Ele lutava desde novembro de 2019 contra um câncer que, inicialmente, atingiu o trato digestivo. Nas últimas semanas, exames detectaram novos tumores no fígado, na estrutura da bacia e na coluna vertebral.

Correio Braziliense 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui