O desembargador Ricardo Vital de Almeida, relator da Operação Calvário no Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), indeferiu um pedido impetrado pelos advogados de defesa do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) para recuperação de materiais apreendidos durante as investigações.

De acordo com a informação postada originalmente no blog do Wallison Bezerra, o desembargador ainda indeferiu um outro pedido feito pela defesa de Ricardo que visava um decreto de nulidade das provas obtidas durante a realização da Operação Calvário na Paraíba.

O ex-governador Ricardo Coutinho é apontado pelas investigações como sendo o chefe de uma organização criminosa que desviou cerca de R$ 134 milhões de verbas públicas estaduais que seriam destinados aos setores da Saúde e Educação no Estado.

ParaíbaRádioBlog 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui