Combatentes do grupo Talibã

Sputnik – O movimento Talibã (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países) controla todos os postos de fronteira no Afeganistão, segundo informou a agência de notícias Associated Press no domingo (15), citando as autoridades. O aeroporto de Cabul é a única maneira de sair do país.

Continua depois da publicidade

O Talibã começou a entrar na capital afegã de todos os lados, disse o Ministério do Interior do Afeganistão. O escritório do presidente afegão, Ashraf Ghani, declarou que em várias áreas remotas de Cabul são ouvidos tiros e que as forças de segurança e defesa do país, em coordenação com parceiros internacionais, controlam a situação de segurança na cidade.

O comunicado oficial do Talibã diz que o movimento pretende evitar a violência em Cabul. Aos militantes foi ordenado esperar ordens no limite da capital e não tentar invadi-la.

.

Os talibãs estão negociando com as autoridades afegãs a entrada pacífica na cidade. O Talibã afirma não querer se vingar dos funcionários militares e civis. O movimento apela para eles não tentarem sair do país.

“Todos devem permanecer em seu próprio país, em seus próprios lugar e casa, e não tentar sair do país”, de acordo com o comunicado do Talibã.

Os talibãs entraram na capital afegã, tomaram controle da Universidade de Cabul e levantaram sua bandeira em um dos distritos da cidade, de acordo com uma fonte da Sputnik.

Um responsável oficial talibã disse à Reuters que o movimento não quer “que um único civil afegão inocente seja ferido ou morto quando tomarmos o controle, mas não declaramos um cessar-fogo”.

Segundo os relatos da mídia e vídeos não confirmados que circulam nas redes sociais, o distrito de Bagrami, na província de Cabul, se rendeu aos talibãs.

Vários membros da equipe da União Europeia mudaram para um local mais seguro em Cabul, segundo um representante da OTAN. Atualmente, os principais membros da equipe dos Estados Unidos na capital afegã estão trabalhando desde o aeroporto de Cabul, afirmou um funcionário dos EUA. Menos de 50 funcionários da embaixada norte-americana estão no momento em Cabul.

Brasil 247

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui