Suspeito pelo assassinato de capoeirista em CG tem paradeiro descoberto pela PC

Foto: Reprodução/ TV Paraíba

A Polícia Civil de Campina Grande descobriu o paradeiro do suspeito de assassinar a professora de capoeira, Cris Nagô, em fevereiro deste ano.

Segundo a Polícia, o suspeito identificado como Eumute Ferreira, conhecido como Mamute, está há três meses preso na cadeira de Presidente Venceslau, interior de São Paulo.

Ainda em fevereiro ele saiu da Paraíba e teria sido preso por tráfico de drogas.

A Polícia ainda aguarda outras informações, com relação a documentação para providências cabíveis.

Cris Nagô dava aula de capoeira e era querida pelos trabalhos sociais que realizava na cidade, para crianças e jovens carentes. O assassinato ocorreu no dia 1º de fevereiro deste ano, no Parque da Liberdade, em Campina e a principal suspeita era de que o assassino seria um ex-aluno.

A Polícia Civil não revelou os motivos do crime, mas continua investigando o caso.

*Com informações da TV Paraíba

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *