O motorista suspeito de atropelar e matar o motoboy Kelton Marques deve responder por um “homicídio”, revelou em entrevista a imprensa o delegado Rodolfo Santa Cruz, responsável pelo caso. Ruan Ferreira de Oliveira teve o mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça. Ele acumula exatos R$ 7.842,58 em penalidades de trânsito, com a maioria das multas por excesso de velocidade.

Ao se apresentar, o suspeito deve cumprir 14 dias de reclusão na carceragem da Central de Polícia e ser encaminhado a um presídio cumprir a prisão preventiva. A Polícia também aguarda os resultados dos laudos da perícia no veículo. As avaliações poderão identificar se o carro teve a potência adulterada.

Manifestações

O sentimento de revolta fez com que motoboys protestassem nesta segunda-feira (13). Foram dois pontos escolhidos: em Manaíra, no local do acidente; e em frente à Central de Polícia, no bairro do Geisel. No protesto, os motociclistas pediam a prisão do motorista do carro.

ClickPB

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui