O Sport começa a se recuperar no Campeonato Brasileiro e contra o Juventude conseguiu a sua segunda vitória consecutiva ao bater o rival gaúcho por 3 a 1. O destaque do jogo foi o volante Zé Welison, com um gol e uma bela assistência.

Esse foi apenas o quinto triunfo do Leão na competição, que agora já consegue vislumbrar uma saída da zona de rebaixamento. O Sport é o 18º colocado, com 23 pontos. Já o Juventude está na 15ª posição, com 27 pontos conquistados.

Leão é empurrado pela torcida  O Juventude não se intimidou com a Arena Pernambuco e a torcida contra e foi a equipe mais propositiva nos primeiros minutos do jogo. Ainda assim, encontrou dificuldades para criar chances claras de gol. Na base do contra-ataque, o Sport conseguiu a primeira finalização certa com Mikael, que arriscou da entrada da área e parou em Douglas.

O primeiro grande susto foi da equipe gaúcha. Aos 17, Capixaba cobrou falta no meio da área, Mikael desviou de leve para trás e quase marcou um gol contra. No minuto seguinte, Capixaba teve uma boa oportunidade para finalizar, mas acabou chutando em cima da zaga.

O Juventude continuou no ataque e quase abriu o placar com Guilherme Castilho, que arrancou, invadiu a área e bateu por cima do gol. O Sport respondeu logo em seguida, quando após erro da zaga adversária, Hernanes pegou a sobra na entrada da área, chutou rasteiro e mandou ao lado, mas com perigo.

O Sport então passou a ocupar o campo de ataque, trocar passes e buscar os espaços na zaga adversária. Assim, conseguiu sair na frente. Aos 36, Everaldo cruzou da direita e Zé Welison com uma surpreendente cabeçada acertou o ângulo e abriu o placar.

O Leão ainda manteve a posse de bola e foi para o intervalo com a vitória parcial.  Recuperação rubro-negra O Juventude poderia ter empatado logo aos 2, quando após cobrança de escanteio, a zaga do Sport vacilou e Maílson precisou aparecer bem. Mas logo no minuto seguinte, o Leão ampliou sua vantagem.

Em transição rápida, Zé Welison mandou um lindo lançamento para Mikael, que chutou forte e fez um belo gol.  A partida seguiu com o Juventude tendo a posse da bola e o Sport buscando o contra-ataque.

As duas equipes chegaram muito perto de marcar. Aos 12, o Juventude acertou o travessão em chute colocado de Paulinho Bóia. O Leão mostrou ser perigoso aos 19, quando José Welison invadiu a área e parou em Douglas.

O goleiro ainda fez excelentes defesas em finalização de Mikael no rebote e em chute de fora da área de Hernanes na sequência da jogada.  A situação que já era boa, ficou ainda melhor para o Sport aos 24, quando após cobrança de falta de Sander, o zagueiro Chico ganhou no alto e de cabeça fez o terceiro do Leão.

O Juventude conseguiu diminuir a desvantagem aos 35, com Paulinho Bóia, de pênalti.  O gol marcado não foi suficiente para o Juventude crescer no jogo. A reta final foi marcada por uma lesão do goleiro Douglas, que precisou de um curativo na cabeça e deixou o jogo.

Como o Juventude já tinha realizado todas as substituições, o lateral William Matheus precisou ir para o gol. Ele só trabalhou em chute mascado de Tréllez, mas nada mudou até o apito final. Leão segue se recuperando.

O Gol

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui