O sobrinho do advogado paraibano Johnson Abrantes e filho da médica Lúcia Dantas de Abrantes, que morreu em decorrência do novo coronavírus na cidade de Iguatu, no Ceará, também testou positivo para aCovid-19.

De acordo com as informações, Jânio Abrantes tem 30 anos e está fora de perigo.

A hipótese é de que mãe e filho tenham sido contaminados ao participarem de um bingo na cidade de Iguatu, onde residiam.

PB Agora

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui