O Brasil de Jair Bolsonaro continuou a apresentar níveis elevados de corrupção em 2020, repetindo um desempenho similar ao do primeiro ano de governo. Os dados foram divulgados nesta semana pela Transparência Internacional.

Segundo o levantamento, o país obteve 38 pontos contra 35 em 2019, quando teve o pior desempenho desde o início da série histórica da pesquisa, em 2012.

O índice é medido de 0 a 100, sendo zero considerado um país muito corrupto e 100 muito íntegro. Para o órgão, países com notas abaixo de 50 são considerados com níveis graves de corrupção.

Além disso, apesar do índice ter subido 3 pontos neste último ano, a nota não representa uma melhora real de desempenho, já que o valor está dentro da margem de erro, que é de 4 pontos percentuais.

Com o novo resultado, o Brasil passou da 106ª posição para a 94ª em um ranking de 180 nações. Os países com os melhores índices foram Dinamarca e Nova Zelândia, ambas com 87 pontos, seguidas da Finlândia, com 86, e Singapura, Suécia e Suíça, com 85 pontos cada.

Com informações da Jovem Pan 

Compartilhar:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui