Sete pessoas foram presas na manhã desta quinta-feira (27) no âmbito da Operação Snap, deflagrada pela Polícia Federal (PF) em conjunto com a Polícia Militar do Estado (PM).

Ao final dos trabalhos foram cumpridos quatro mandados de prisão preventiva, um)
mandado de prisão temporária e 8 (oito) mandados de busca e apreensão, bem como foi
lavrado um auto de prisão em flagrante, em razão de ter sido encontrado drogas e uma pistola calibre .380 que pertenceriam a um dos alvos da operação.

O material entorpecente foi encontrado em dois imóveis em João Pessoa, sendo
aproximadamente três quilos de cocaína e duzentos quilos de maconha.

Além dos cinco mandados de busca e apreensão cumpridos em João Pessoa, foram cumpridos outros três mandados em Cajazeiras.

Uma pessoa não foi encontrada, e contra ela resta um mandado de prisão preventiva em aberto.

Todos os mandados foram expedidos pelo Juízo de Direito da Vara de Entorpecentes da Comarca de João Pessoa, que ainda deferiu o afastamento de sigilo bancário de investigados e determinou o bloqueio de valores depositados em contas correntes.

A Operação, que contou com a participação de aproximadamente 100 policias do litoral ao
sertão do Estado da Paraíba, teve por finalidade desarticular o núcleo, comandado do interior
de estabelecimentos prisionais por uma das principais lideranças de facção criminosa do
estado, responsável pelo tráfico de cocaína e crack em toda a Paraíba.

ParlamentoPB

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui