© Fornecido por LANCE! (Foto: Ricardo Duarte/Internacional)

Mesmo sem a presença do público nas arquibancadas do Beira-Rio, os jogadores do Internacional parecem ter sentido a energia de sua torcida mesmo que de longe.

Com um verdadeiro massacre logo no início, a equipe de Coudet não teve trabalho para eliminar o Esportivo. Com gols de Galhardo, Marcos Guilherme e Guerrero, ainda no 1º tempo, e Boschilia, já no 2º tempo, o Colorado fechou a conta em 4 a 0 e garantiu sua vaga na decisão, esperando agora seu adversário que sairá do confronto entre Grêmio e Novo Hamburgo.

INTER ABRE O PLACAR ANTES DO PRIMEIRO MINUTO DE JOGO

Jogando sob seus domínios, o Internacional, pouco antes do relógio dar a primeira volta no ponteiro já tratou de abrir a contagem no Beira-Rio. Aproveitando cruzamento da de Edenilson, Thiago Galhardo não perdoou o goleiro Renan e mandou para o fundo das redes para inaugurar o marcador. 1 a 0.

COLORADO APROVEITA MOMENTO E AMPLIA PARA OS DONOS DA CASA

Após o gol de Thiago, a equipe de Coudet pressionou o rival e, logo em seguida, conseguiu aumentar sua vantagem. Aos 11, foi a vez de Marcos Guilherme receber bom passe de Musto e chutar sem chances para o arqueiro da equipe de Bento Gonçalves. 2 a 0.

SEM TIRAR O PÉ, INTER PRESSIONAVA E GUERRERO MARCA MAIS UM

Era nítido em campo o quanto a equipe do Inter não dava espaços ao time do Esportivo. Com isso, aos 13 minutos, Guerrero, aproveitando troca de passes entre Galhardo e João Pedro, não titubeou e balançou a rede rival. 3 a 0.

ESPORTIVO NÃO DEMONSTRAVA PODER DE REAÇÃO

Com 3 a 0 no placar contra, a equipe de Carlos Moraes praticamente não conseguia demonstrar força para tentar, ao menos, uma recuperação. Sendo assim, até o final do primeiro tempo, o Inter apostava em seus atacantes em dia inspirado na expectativa de marcar mais gols, porém sem sucesso.

MUDANÇAS NO INTERVALO

Tranquilo na partida, Coudet optou por algumas alterações visando dar rodagem ao time. William Potker, D’Alessandro e Zé Gabriel, foram os escolhidos para os lugares de Paolo Guerrero, Thiago Galhardo e Víctor Cuesta, este último pendurado com um cartão amarelo.

BOSCHILIA MARCA O 4º GOL DO INTER

Se já estava tranquilo para o Colorado, Boschilia deixou as coisas ainda mais fáceis. Em troca de passes entre Marcos Guilherme, Patrick e Potker, a bola foi passada para o camisa 21, que não titubeou e fez. 4 a 0.

SARAIVA EXPULSO E INTER ADMINISTRA RESULTADO

Com a expulsão de Saravai, que acabou puxando o adversário, o Inter ainda assim tomava conta do jogo, porém não criou mais lances de perigo até o apito final do árbitro, garantindo-se na final do 2º turno.

Veja mais no MSN Brasil

PARANAENSE: Calma, Santos! Goleiro do Athletico-PR empurra árbitro e leva amarelo na final contra o Coritiba

Lance

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui