O secretário de Saúde de Lucena, Antônio Paulo, foi exonerado nesta segunda-feira (17), após o caso de erro na vacinação contra a Covid-19 em crianças em uma Unidade Básica de Saúde (UBS) do município.

O prefeito de Lucena, Léo Bandeira, disse que, assim que tomou conhecimento, afastou os profissionais de saúde envolvidos no caso, a enfermeira que aplicou a vacina, a coordenadora de imunização o secretário de Saúde do município.

Ele explicou que o treinamento dado aos profissionais é online: ‘Esse fato da imunização de crianças vem repercutindo e deixa a população confusa em relação a isso, se falava muito. Creio eu que por conta disso tenha havido esse equívoco”

As crianças que receberam o imunizando indevidamente estão  estão sendo acompanhadas por agendes de saúde e médicos, disse o prefeito. Nenhum caso de adversidade teria sido encontrado até o momento.

Wscom 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui