Foto: Paraibaonline

O secretário executivo de Gestão da Rede de Unidades de Saúde da Paraíba, Daniel Beltrammi afirmou em entrevista concedida à imprensa, que os índices do cumprimento do isolamento social pelos paraibanos continuam baixos, especialmente em João Pessoa, chegando a 40%.

Segundo ele, o processo de conscientização continua, mas se não resolver tudo agora, porque os índices continuam baixos, de toda forma vai ajudar ao governo a organizar como será a vida da população mais pra frente.

“Uma coisa é fato: antes de uma vacina definitiva, nós vamos ter que poder conviver com uma nova forma de seguir a nossa rotina e isso é importante que a gente consiga manter e consolidar”, disse.

Como o decreto governamental com medidas mais rígidas se encerra no domingo (14), o secretário Beltrammi informou que o governo organizou um “novo normal” para a Paraíba com padrões de bandeiras e uma matriz que irá avaliar alguns indicadores de cada município.

Beltrammi explicou que o Estado vai individualizar a situação dos municípios e por regiões e identificar como se encontram e o que é preciso fazer para que se possa continuar avançando. A partir daí, isso vai incentivar prefeitos, sociedade civil organizada, setor produtivo a retomar as atividades, em seus diferentes níveis de acordo com os indicadores de saúde.

“Nós vamos soltar as bandeiras de recomendações de como será que o Estado recomenda para a mobilidade e circulação de pessoas, mas não podemos esquecer que vamos sair da condição que nos encontramos agora e, nesse momento, expira cuidados e ainda não podemos retomar a normalidade de antes do coronavírus”, avaliou.

O secretário informou ainda que com esse novo decreto do governo do Estado, os prefeitos deverão ter bons parâmetros para se balizarem em quais atividades poderão ser liberadas com algum nível de segurança e como se planejar para não parar de melhorar os índices.

“O governador vai fazer as recomendações e elas não ultrapassam as responsabilidades e autonomia dos municípios. As recomendações são no sentido de auxílio e nós seguiremos absolutamente vigilantes no trabalho propositivo para que as pessoas possam preservar sua saúde, manter a qualidade de vida para que possamos passar por tudo isso juntos e as coisas melhorarem”, concluiu.

Paraíba Online 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui