Foto: Reprodução

O secretário de Saúde do Estado, Geraldo Medeiros, afirmou que um boletim diário é feito pela secretaria para contabilizar os casos de Covid-19 e até agora foram registrados 1.361 casos e 85 mortes pela doença na Paraíba. Ele disse que atualmente a grande preocupação está na região metropolitana de João Pessoa, que compreende Cabedelo, Conde, Bayeux e Santa Rita.

Segundo Geraldo, a taxa de letalidade da Paraíba baixou para 6,2% e está menor que a taxa de letalidade do Brasil. Ele ainda frisou que é preciso que as pessoas mantenham o isolamento social como medida para evitar a proliferação do coronavírus no Estado.

Geraldo declarou que o Reino Unido ultrapassou a França no número de mortes e lembrou que o país foi o último a adotar o isolamento social como prevenção. Ele disse que, caso haja a flexibilização e o afrouxamento do isolamento, haverá o aumento no número de casos e consequentemente no número de mortes pela Covid-19.

– Não temos como lidar com a pandemia a não ser com a ciência. É fundamental que as pessoas não minimizem esse vírus. Todos os países que acharam que era um exagero e permitiram a flexibilização e a abertura do comércio, sofreram. Aqueles que não acreditam na doença serão penalizados mais na frente – enfatizou.

Ao ser questionado sobre o fim do isolamento social, o secretário destacou que essa é uma prerrogativa do governador João Azevêdo (Cidadania) e que a decisão só pode ser tomada após análises a respeito do quadro atual do coronavírus no Estado.

Paraíba Online 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui