Rede municipal de João Pessoa começa ano letivo em fevereiro (Foto: Reprodução)

A Secretaria de Educação e Cultura (Sedec) da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) definiu as estratégias para o início do ano letivo de 2021 no município. As diretrizes foram definidas durante uma reunião realizada nesta terça-feira (26), com a equipe no Centro de Capacitação de Professores (Cecapro), localizado na Avenida Beira Rio, em Miramar.

As aulas terão início no dia 8 de fevereiro e o ensino inicial será no formato remoto com utilização de ferramentas do Google e o Whatsapp, além de material impresso para os alunos, segundo informou a secretária da educação, América Castro.

Ainda segundo América, está sendo organizada toda uma estrutura obediente aos protocolos de saúde para receber os funcionários da rede municipal, promover uma educação de qualidade, eficiente e humanizada.

“Nosso intuito é fortalecer aquela que é uma das nossas maiores responsabilidades, a educação, e garantir o acesso ao ensino de qualidade para todas as crianças. Por isso, traçamos metas que são os pilares da educação para nossos anos de gestão: alfabetização na idade certa, inovação pedagógica no ensino fundamental, educação infantil e fortalecimento dos Creis, educação especial e inclusiva, educação de jovens e adultos, informatização, tecnologia e conectividade, reconhecimento e profissionalização da docência, gestão democrática das escolas, estudantes motivados e apoiados, infraestrutura e logística escolar e arte, literatura e esporte nas escolas”, completou América Assis.

Também haverá um suporte pedagógico para alunos e professores, segundo informou a diretora de Ensino, Gestão e Escola de Formação (Degef), Clévia Carvalho.

“As escolas municipais já vinham trabalhando remotamente desde 2020, onde se constituiu um saber relacionado à pratica pedagógica escolar sobre atividades remotas. A Sedec está estruturada para dar apoio pedagógico a professores e alunos. A Secretaria trabalha com a perspectiva do Google for Education nas escolas e também faz uso de ferramentas como WhatsApp e atividades impressas”, disse a diretora.

ClickPB

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui