Em nota, a Secretaria de Saúde de Santa Rita rebateu as denúncias da agente comunitária de Saúde (ACS), Marina Targino, que testou positivo para Covid-19 e informou que foi orientada a retornar nesta segunda-feira (1) ao trabalho, mesmo sem estar recuperada.

Marina aproveitou para fazer um apelo ao prefeito Emerson Panta que é médico, através de vídeo publicado nas redes sociais. A agente também mostrou o resultado do seu teste e a receita, com os medicamentos que estava tomando para o tratamento da doença.

A profissional em nenhum momento negou o atendimento, apenas questionou a orientação para retornar ao trabalho. A Saúde de Santa Rita informou que a paciente foi sim afastada das funções e orientada a permanecer em quarentena.

Veja a Nota emitida:

A Secretaria Municipal de Saúde de Santa Rita, vem por meio deste esclarecer que a agente comunitária de saúde, Marinalva Targino ( Marina), foi notificada como suspeita para COVID-19, em uma unidade básica de saúde, encaminhada para o centro municipal de testagem onde foi realizado o teste. Fez consulta com profissional de enfermagem e com a médica plantonista onde, recebeu por escrito o diagnóstico positivo para COVID-19, em seguida teve todas as orientações devidas, inclusive para o afastamento (quarentena) e saiu com a medicação prescrita em mãos. Em vídeo publicado nas redes sociais, a servidora diz textualmente que recebeu o acolhimento, procedimento e consultas com profissionais do município.

Repudiamos a atitude mentirosa da servidora, a qual não reflete a grande maioria dos agentes comunitários de saúde.

A SMS está à disposição da sociedade para esclarecimentos.

A Fonte é Noticia

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui