São Paulo volta ao Paulistão com derrota para o Red Bull Bragantino no Morumbi

Último dos grandes a retornar ao Campeonato Paulista, o São Paulo teve pela frente, na noite desta quinta-feira, uma missão nada fácil: encarar o remodelado Red Bull Bragantino, no Morumbi. Com a bola rolando, o Tricolor até abriu o placar cedo, mas o Massa Bruta não abdicou do ataque e buscou uma grande vitória: 3 a 2. Mesmo com o revés, o time comandado por Fernando Diniz segue na liderança do Grupo C, com 19 pontos.

Enquanto o Red Bull chega a 20, assume a liderança da classificação geral do Paulistão e sacramenta a primeira posição da Chave D. Intensidade e muitos gols Os primeiros 45 minutos foram abertos, com os dois times mantendo as propostas ofensivas que apresentavam antes da pausa no Paulistão.

O São Paulo teve o domínio inicial e abriu o placar logo aos seis minutos, com Pablo, aproveitando cruzamento perfeito de Reinaldo. O Bragantino não se acuou e, com a marcação alta, achou espaços para construir a virada em pouco tempo. O empate veio com Matheus Jesus, que recebeu passe de Artur e, num belo chute de fora da área, deixou tudo igual.

Pouco depois, após bom passe longo de Ligger, Morato invadiu a área, deu ‘uma senhora’ entortada em Arboleda e bateu cruzado. Tiago Volpi até tentou, mas não chegou na bola: 2 a 1.  O Tricolor buscou não se abalar com a virada e, novamente com Pablo, empatou em chute de longe depois de passe de letra de Daniel Alves.

Golaço de ex-Palmeiras dá vitória ao Braga Na volta do intervalo, o panorama seguiu o mesmo. Com as duas equipes buscando o ataque, o duelo seguiu aberto. Aos 12, Juanfran cruzou na medida, e Pato, completamente livre, cabeceou para fora. Pouco depois, em cobrança de falta, Reinaldo exigiu boa defesa de Julio Cesar.

A resposta do Massa Bruta foi letal. Aos 20, o habilidoso Artur, ex-Palmeiras, apareceu pela direita e driblou Reinaldo. Na sequência, o meia tabelou com Vitinho e mandou no ângulo de Volpi.

Golaço no Morumbi! Nos minutos finais, o time de Fernando Diniz, já acusando o cansaço, até que tentou esboçar uma pressão, mas não reuniu forças para buscar o empate. Fim de papo e vitória do Red Bull Bragantino.

O Gol 

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *