Em briga direta pelas primeiras posições do Campeonato Brasileiro, Santos e Fortaleza se enfrentaram, na noite deste domingo, na Vila Belmiro. Com a bola rolando, muita intensidade e alternativas para ambas as partes. O Peixe pressionou e abriu o placar com Madson, mas o Leão do Pici buscou o empate com Gabriel Dias: 1 a 1. Como resultado, as duas equipes acabam estacionando na tabela.

A equipe comandada por Cuca chega a 17 pontos e ocupa a oitava posição, enquanto o Tricolor cearense vem logo em seguida, com 16. Em jogo intenso, Santos busca o jogo e sai na frente Mesmo fora de casa, o Fortaleza tentou colocar pressão no Santos nos primeiros minutos, mas logo os donos da casa chegaram com perigo.

Aos sete minutos, Marinho apareceu na direita da grande área e chutou cruzado. Felipe Alves defendeu. O time visitante chegou pela primeira vez aos 11, em finalização de fora da área de Osvaldo. Mas o Santos respondeu com dois chutes perigosos de Felipe Jonatan, de fora da área. O Fortaleza, com forte marcação, conseguiu segurar o Peixe.

E ainda criou boa chance aos 30, quando Wellington Paulista acertou a trave após cruzamento de Osvaldo. O lance, porém, foi invalidado por impedimento. Do outro lado, o Santos chegou com Arthur Gomes finalizando na pequena área. Felipe Alves, bem colocado, defendeu. Aos 39, a melhor chance. Soteldo cruzou, e Kaio Jorge cabeceou na trave.

No lance seguinte, gol do Santos, premiando o time que mais procurou o jogo. Aos 41, Marinho cobrou falta cruzada para área, e Madson desviou de cabeça, sem chance para Felipe Alves. O Fortaleza ainda encontrou espaço para tentar o empate em falta de Juninho e em escanteio de Romarinho. Mas não conseguiu surpreender a meta santista.

Fortaleza busca o empate Na volta do intervalo, o time comandado por Rogério Ceni entrou bem mais intenso. Logo no primeiro minuto, Osvaldo fez boa jogada pela esquerda, cortou para o meio e obrigou João Paulo a fazer grande defesa. O bom início tricolor culminou no empate. Após cobrança de escanteio de Juninho, Gabriel Dias subiu livre e testou para baixo, sem chances para o goleiro santista.

Tudo igual na Vila Belmiro! Logo na sequência, o Santos, na tentativa de retomar o controle das ações, consegue marcou o segundo gol. Aos 11, Arthur Gomes fez bela jogada pela esquerda e viu Soteldo ficar com a bola no fundo. O venezuelano colocou na área e Marinho, de voleio, quase marcou um golaço.

Com o passar do tempo, o Peixe aumentou ainda mais o ritmo e, mesmo sujeito aos contragolpes do Fortaleza, se lançou para o ataque. Raniel, aos 40, perdeu a última grande chance da partida, com cabeçada na pequena área. Fim de papo e tudo igual na Vila!

O Gol 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui