A estreia nos grupos da Libertadores foi uma decepção para o Santos. Na Vila Belmiro, o Barcelona, de Guayaquil, jogou melhor e venceu por 2 a 0.  Os equatorianos começam na liderança do grupo C da Libertadores, aguardando ainda o encontro entre The Strongest e Boca Juniors.

Santos não estreia bem O Barcelona se mostrou confortável no início da partida. Comandado por Darmián Díaz, avançou ao ataque e quase abriu o placar. O camisa 10 teve chance de arremate na área com tudo para marcar, mas chutou torto.  Marinho tentou acordar o Santos.

Primeiro em cobrança de falta (para fora), depois em chute da entrada da área (defendido pelo goleiro). Os lances ajudaram a dar confiança ao time da casa.  Aos 24 minutos, Marinho conseguiu acionar pela primeira vez Marcos Leonardo, o homem mais avançado no ataque.

O jovem teve oportunidade de finalizar na área, mas mandou no lado de fora da rede.  Nos 15 minutos finais do primeiro tempo, porém, o gramado da Vila Belmiro começou a sentir a forte chuva que caía na Baixada Santista. Era mais difícil jogar com a bola rolando.

Barcelona faz jus ao resultado Um erro logo no início do segundo tempo comprometeu o jogo santista. Martínez aproveitou e deixou na área com Carlos Garcés, que mandou para a rede.  O Peixe parecia perdido em campo, confuso. Martínez quase marcou o segundo dos equatorianos com uma pancada de fora da área que balançou o poste.

Melhor em campo, o Barcelona chegou ao segundo gol contando com a ajuda de Pará, que não teve reação após chute cruzado da direita e acabou marcando contra.  O segundo tempo santista foi péssimo. O time sofreu com o gramado da Vila e também com lesões, mas, acima de tudo, não jogou bem. A vitória equatoriana foi justa.

O Gol 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui