Na despedida da torcida do Flamengo no Maracanã foi o Santos que se deu melhor e com um gol do garoto Marcos Leonardo venceu por 1 a 0. A partida ainda foi marcada por um momento raro: Gabigol perdendo pênalti.

O rebaixamento era improvável, mas o Santos garantiu matematicamente a sua permanência na primeira divisão e chega a 11ª posição, com 49 pontos. O Flamengo já tem assegurada a segunda posição, com 71 pontos conquistados.

Goleiros garantem o zero O primeiro tempo entre Flamengo e Santos foi animado no Maracanã. O Peixe acertou o gol pela primeira vez, aos 8, com chute de fora da área de Marcos Guilherme, que Hugo Souza defendeu. Mas pressionando a saída de bola do rival, a equipe carioca também se mostrou ligada no jogo e não deixou de marcar presença no ataque, embora tenha demorado para ter uma grande chancce.

O Santos foi crescendo em busca da vitória e voltou a levar perigo aos 23, em cobrança de falta de Marinho, que passou por cima do travessão. Tentando uma pressão, o Peixe teve duas ocasiões em que a bola passou pela pequena área e ninguém empurrou para o gol.

O Flamengo então chegou e conseguiu marcar, mas o gol de Pedro foi anulado pelo VAR por impedimento de Matheuzinho na origem do lance.  Hugo evitou que o Santos abrisse o placar aos 33, quando fez ótima defesa em chute colocado de Marinho, que buscou o ângulo. Mas o Flamengo cresceu e foi o outro goleiro do jogo a garantir o placar zero no primeiro tempo.

O goleiro do Santos cresceu em lance cara a cara com Gabigol, que bateu cruzado e pouco depois brilhou em chute forte de João Gomes já dentro da área.  Gabigol não empata O segundo tempo não foi diferente e seguiu muito animado.

O Flamengo voltou com tudo e João Paulo fez outras grandes defesas antes mesmo dos cinco minutos, em chute cruzado de Pedro e finalização de Gustavo Henrique, dentro da área após escanteio. Mas o gol foi mesmo do Santos. Aos 12, Marcos Guilherme arrancou em ótima jogada, falhou na hora de chutar, mas o jovem Marcos Leonardo bateu fez 1 a 0.

O Flamengo voltou a ser só ataque e conseguiu uma enorme chance quando Vitinho foi derrubado por Kaiky na área. Aos 22, Gabigol foi para a cobrança e no que é uma raridade, desperdiçou ao mandar na trave. Mas o grande vilão para o Rubro-Negro seguiu sendo João Paulo. Aos 27, ele fez outra grande defesa em chute cruzado de Gabigol.

Diferente do resto do jogo em que fez questão de ir ao ataque, o Santos recuou e foi para a última parte disposto a segurar o Flamengo. O Rubro-Negro foi para a pressão, mas já sem resultado, apenas rodando a bola no ataque, sem chegar ao gol defendido por João Paulo. As mudanças também não surtiram efeito e a torcida se despediu do Maracanã em 2021 com uma derrota.

O Gol

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui