(crédito: Reprodução/Facebook)

A cantora Cláudia Garcia, de 49 anos, morreu na madrugada desta sexta-feira (26/2) em decorrência de complicações causadas pela covid-19. A sambista estava internada havia três dias em um hospital de Goiânia e era um dos principais nomes da música em Goiás.

A artista foi diagnosticada com o vírus em 16 de fevereiro, de acordo com o amigo e músico Roberto Célio Pereira da Silva, conhecido como Xexéu. Ela permaneceu isolada em casa, com a amiga e produtora Rejane Neves, que também contraiu a doença.

Cláudia, contudo, começou a apresentar dificuldade em respirar e, por isso, teve de ser internada no Hospital de Campanha para Enfrentamento do Coronavírus (HCamp) de Goiânia, na madrugada da última terça (23/2).

Ela estava em um leito de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) e chegou a ter 50% dos pulmões comprometidos. Após o falecimento, o HCamp manifestou pesar e afirmou que se solidariza com os familiares e amigos.

Ainda não há informações sobre o enterro do corpo da artista.

Correio Braziliense 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui