Continua depois da publicidade

(Arquivo) Patrulha de soldados após ataques no noroeste da Nigéria, em outubro de 2019 – AFP/Arquivos

Ao menos 200 pessoas morreram em vários ataques realizados por homens armados nesta semana no estado de Zamfara, no noroeste da Nigéria, declarou uma responsável do governo neste domingo (9).

“É horrível e trágico. Mais de 200 pessoas foram enterradas hoje (domingo) devido à invasão de bandidos”, declarou Sadiya Umar Farouq, ministra de Assuntos Humanitários, citada pelo seu porta-voz Nneka Ikem Abiebeze.

“Também estamos preocupados com as centenas de pessoas deslocadas que fogem de suas comunidades”, acrescentou.

O centro e o noroeste da Nigéria são há anos bases de gangues criminosas que atacam aldeias, assassinam ou realizam sequestros para pedir resgates.

O governo nigeriano classificou na quarta-feira como “atos terroristas” os ataques geralmente realizados por esses “bandidos” e anunciou um reforço da lei contra seus autores, assim como contra seus informantes e apoios.

O presidente da Nigéria, Muhammadu Buhari, condenou no sábado em um comunicado os ataques desta semana, mas não citou o saldo de mortos.

No sábado, quatro moradores locais disseram à AFP que ao menos 140 pessoas foram assassinadas por grupos de homens armados em cerca de dez cidades do estado de Zamfara.

As quatro testemunhas afirmaram que compareceram aos funerais das vítimas em suas respectivas cidades.

Segundo relataram, centenas de homens armados em motos invadiram várias cidades nos distritos de Anka e Bukkuyum, entre quarta e quinta-feira, disparando contra os moradores e saqueando e incendiando casas, afirmam os habitantes.

As forças armadas nigerianas reportaram esta semana que mataram 537 “bandidos armados e outros elementos criminosos”, prenderam 374 desde maio do ano passado e libertaram 452 “civis sequestrados”.

Segundo o analista Kabir Adamu, da Beacon Consulting Nigéria, as mortes denunciadas pelos moradores poderiam ser uma resposta a essas operações policiais e militares.

Istoé 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui