Rony desencanta, Palmeiras goleia Bolívar e carimba vaga nas oitavas da Libertadores

O Palmeiras, enfim, voltou a apresentar um bom futebol na temporada. Na noite desta quarta-feira, no Allianz Parque, o Palestra recebeu o modesto Bolívar e, com um segundo tempo avassalador, atropelou os bolivianos: 5 a 0. A partida marcou, em especial, o fim do jejum de Rony, que voltou a balançar as redes após nove meses de seca e anotou seu primeiro tempo com a camisa palmeirense.

Com o resultado, o time comandado por Vanderlei Luxemburgo alivia a pressão por boas atuações, chega a 13 pontos e carimba a vaga antecipada às oitavas de final da Libertadores. Gol no início dá vantagem ao Palmeiras O Palmeiras começou a partida em ritmo acelerado. Logo aos dois minutos, o Alviverde abriu o placar no Allianz Parque.

Rony iniciou jogada pela direita, e achou Wesley na área. O jovem bateu para o meio e Willian, com o gol vazio, mandou para as redes. Depois, o Verdão chegou com perigo aos dez minutos, em chute de fora da área de Raphael Veiga. O Bolívar, porém, acordou na partida e quase empatou em dois lances perigosos.

Um aos 14, quando Rey arriscou de longe e obrigou Weverton a grande defesa. E outro aos 16, em chute de Anderson na pequena área, também defendido pelo goleiro palmeirense. O Palestra voltou a assustar aos 21, em chute de primeira de Willian. Pouco depois, foi a vez de Wesley finalizar bem cruzado e obrigar Rojas a fazer boa defesa. Com o passar do tempo, sem conseguir ter criatividade para abrir espaços, o Palmeiras tentou chutes de fora, mas não obteve sucesso.

No fim do primeiro tempo, já nos acréscimos, o Bolívar teve boa chance em tiro livre indireto, após infração de Weverton no tiro de meta. Na cobrança, quase na pequena área, Veiga se atirou na bola e desviou o chute de Rey. Com isso, o Alviverde foi para o vestiário em vantagem, apesar da pressão boliviana no fim.

Fim do jejum e goleada Na volta do intervalo, o Palmeiras entrou com a mesma intensidade do início de partida. Logo aos dois minutos, Wesley recebeu bom passe pela esquerda, encarou a marcação e, com belo chute colocado, acertou o ângulo de Rojas. Belo gol: 2 a 0. Sentindo o bom momento, o time de Luxemburgo não cessou a pressão e marcou o terceiro.

Após bola levantada pela direita, a zaga afastou mal e Viña acertou um bonito chute de primeira.  Com o Bolívar nas cordas, o Alviverde construiu, de forma rápida e eficaz, uma grande goleada no Allianz Parque. Aos 15, Viña avançou pela esquerda e deu bola açucarada para Raphael Veiga bater de direita e anotar o quarto gol palmeirense.

O quinto e, talvez, o mais especial da noite veio aos 20. Rony, que não marcava um gol há nove meses, deixou a sua marca. Após dividir com goleiro, o camisa 11 recebeu cruzamento de Wesley e, de cabeça, balançou as redes pela primeira vez com a camisa do Palmeiras. Fim do jejum e da goleada alviverde: 5 a 0.

O Gol 

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *