Faltando apenas uma rodada, o Brasileirão tem um novo líder: o Flamengo. Com atmosfera de uma verdadeira decisão, Fla e Inter fizeram um jogo tenso e emocionante neste domingo, no Maracanã. O Colorado chegou a sair na frente, mas sofreu o empate e, com a expulsão do ‘valioso’ Rodinei, levou a virada: 2 a 1.

Edenílson marcou para os gaúchos, enquanto Arrascaeta e Gabigol anotaram para os rubro-negros. Com o resultado, o time de Rogério Ceni chega a 71 pontos e agora passa a frente do Internacional, que se mantém com 69. Na última rodada, o Fla visita o São Paulo e precisa vencer para não depender de outro resultado para carimbar o caneco. Já o Colorado recebe o Corinthians com a necessidade da vitória, e terá de torcer por um tropeço dos cariocas para conquistar o tetracampeonato.

Equilíbrio na decisão Com o título em jogo, Flamengo e Internacional fizeram um primeiro tempo quente no Maracanã. O Rubro-Negro teve mais a bola, mas não foi rápido em suas transições, facilitando a marcação colorada, que fechou bem os espaços. Além de se defender com qualidade, o time de Abel Braga não abdicou do ataque, e foi premiado por isso.

Aos nove, após boa descida pela esquerda, Yuri Alberto tentou aproveitar lançamento na área, mas foi puxado por Gustavo Henrique. Pênalti. Na cobrança, Edenilson bateu firme e abriu o placar. A desvantagem obrigou o Fla a sair ainda mais para o ataque. Diante de um Inter fechadinho, o time da casa penou, mas foi buscar o empate na insistência.

Aos 29, Filipe Luís brigou por bola na intermediária e acionou Bruno Henrique, que ganhou de Rodinei e cruzou rasteiro para Arrascaeta, que, de primeira, deixou tudo igual no placar. A equipe de Rogério Ceni tentou seguir pressionando, mas levou uma boa resposta dos gaúchos. Aos 42, Caio Vidal encarou a marcação pela direita e viu Rodinei aproveitar o lance.

O lateral, que pertence ao Flamengo, invadiu a área, bateu com desvio e acertou a trave de Hugo Souza. O lateral quase fez valer a lei do ex do Maraca. Rodinei é expulso, e Gabigol coloca Fla na liderança A volta do intervalo trouxe um lance que mudou completamente o panorama da partida. Aos três minutos, em uma dividida no campo de defesa colorado, Rodinei, ‘o lateral de R$ 1 milhão’, entrou com pé por cima no tornozelo de Filipe Luís, e, após análise do VAR, acabou expulso! Com um jogador a mais, o Flamengo foi para o tudo ou nada. Rogério Ceni sacou Isla e colocou Pedro, que formou uma dupla de centroavantes com Gabigol.

Até que aos 17, Arrascaeta enfiou uma bola magnífica para Gabriel Barbosa, que, sem precisar dominar, bateu cruzado e fez o gol da virada, colocando o Rubro-Negro na liderança do Brasileirão. Apesar da desvantagem numérica e no placar, o Internacional foi valente e tentou se manter próximo da área flamenguista. Missão difícil! O time da casa passou a ter espaço para o contra-ataque, uma de suas especialidades.

Aos 35, Pedro chegou a marcar, após receber passe de João Lucas, mas foi flagrado em posição de impedimento.

Nada feito. Nos minutos finais, cercado de tensão, o Colorado buscou um último abafa, mas não adiantou. O Rubro-Negro se defendeu como pôde, e chegou a ter mais um gol de Pedro anulado, dessa vez por falta em Zé Gabriel, flagrada pelo VAR. Pouco importou. O duelo terminou e o Flamengo é o novo líder do Campeonato Brasileiro! ENQUETE

O Gol

Compartilhar:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui