O deputado estadual Ricardo Barbosa divulgou na manhã desta segunda-feira (2) nota de solidariedade ao presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, deputado Adriano Galdino, que foi alvo de severos ataques por parte do líder da oposição, deputado Cabo Gilberto, em recente entrevista a uma emissora de rádio. A nota, segundo Ricardo Barbosa, foi subscrita pela maioria dos deputados estaduais.

Ricardo ressalta que os ataques feitos pelo Cabo Gilberto contra Galdino vêm sendo recorrentes, mas, dessa vez, o fato foi mais grave por ter se dado fora das sessões ordinárias.

“Os fortes e infamantes ataques verbais, além de recorrentes, maculam e aviltam a honorabilidade pessoal, a dignidade e a honra do Presidente Adriano. Destaque-se que os contumazes impropérios desferidos contra o Presidente do nosso Poder, através do deputado Cabo Gilberto, têm sido cada vez mais cáusticos e, agora, um tanto mais grave, porquanto se deu fora do contexto das sessões ordinárias, levando, para fora da Casa, um inverossímil e desairoso conceito personalístico e moral do presidente Adriano Galdino”, diz a nota.

Segundo o deputado, as discussões, os contraditórios ou mesmo os embates verbais são próprios do parlamento, mas salientou o repúdio à “deplorável forma com que, recorrentemente, o deputado citado vem se referindo aos pares e, em particular, ao Presidente da Casa.

Ataques de Cabo Gilberto

Durante entrevista na tarde do último sábado (31), no Programa Se Liga PB, Cabo Gilberto tachou Adriano Galdino de “ditador, autoritário, covarde e mentiroso”

“O presidente da Assembleia é um ditador, autoritário, covarde e mentiroso. E eu não tenho medo dele e nem do governador, eu sou um deputado igual a ele. Ele rasgou o regimento para puxar o saco do governador. Ele utiliza toda a estrutura da Assembleia para ser vice a força do atual governador. Ele se abaixa de uma forma que eu nunca vi. O maior erro daquela casa foi colocá-lo quatro anos como presidente da Assembleia”, disse Cabo Gilberto.

Veja a nota de Ricardo Barbosa na íntrega:

NOTA DE SOLIDARIEDADE

Causou-nos indignação e perplexidade as agressões verbais desferidas pelo deputado Cabo Gilberto, em recente entrevista em uma emissora de rádio, em nosso Estado.

Em sua injuriosa fala, o deputado Cabo Gilberto agride de violenta forma o deputado Adriano Galdino, Presidente da nossa Assembleia Legislativa.

Os fortes e infamantes ataques verbais, além de recorrentes, maculam e aviltam a honorabilidade pessoal, a dignidade e a honra do Presidente Adriano.

Destaque-se que os contumazes impropérios desferidos contra o Presidente do nosso Poder, através do deputado Cabo Gilberto, têm sido cada vez mais cáusticos e, agora, um tanto mais grave, porquanto se deu fora do contexto das sessões ordinárias, levando, para fora da Casa, um inverossímil e desairoso conceito personalístico e moral do Presidente Adriano Galdino.

As discussões, os contraditórios ou mesmo os embates verbais, ainda que por vezes duros e renhidos, são próprios do parlamento. Entretanto, a deplorável forma com que, recorrentemente, o deputado citado vem se referindo aos pares e, em particular, ao Presidente da Casa merece de todos nós, independentemente do agrupamento político do qual façamos parte, o mais veemente repúdio e, claro, nossa pronta e aberta manifestação de irrestrita solidariedade.

Ressalte-se, por oportuno, que o Presidente Adriano Galdino tem se notabilizado pela retidão com que conduz os destinos da Casa, primando, sempre, pela ausculta aos pares quando da tomada de decisões importantes e privilegiando o conceito da colegialidade no exercício de sua operosa gestão, além de se pautar, inflexivelmente, pelos postulados democráticos no desempenho de suas legitimas atribuições.

Realçar, por último, mas, igualmente importante, o fato de que a nossa Casa de Epitácio Pessoa, ainda que nesses difíceis tempos de pandemia da COVID, conseguiu superar-se em todos os indicadores legislativos: batendo permanentes recordes de aprovação de projetos e proposituras diversas.

ParlamentoPB

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui