Imagem reprodução – Corpo foi encontrado por populares na manhã deste sábado

Requintes de crueldade. O corpo encontrado dentro de um tambor de lixo na manhã deste sábado (1°), no município de Pedras de Fogo, região metropolitana de João Pessoa, apresentava três disparos de arma de fogo na cabeça, teve as mãos e pés amarradas e foi colocada dentro de um saco plástico para ser ‘desovada’ no local. A informação é do perito da Polícia Civil, Ademir Lins, durante entrevista à imprensa.

Segundo o agente de segurança pública, foi possível identificar que a vítima, ainda não identificada, foi assassinada na noite da sexta-feira (30) e teve seu corpo colocado dentro de um tambor, envolto em um saco plástico, para ser desovada próximo a uma estrada de barro na Zona Rural do município.

“Essa vítima ela foi assinada na noite de ontem, entre o anoitecer e a madruga. Antes de ser morta ela foi amarrada os pés e as mãos com fios e pedaços de tecido. Ela sofreu três disparos de arma de fogo, dois na cabeça e um na região na queixo, depois colocada em um saco plástico com um monte de tecido e despejada no tambor que é usado para colocar lixo”, explicou.

O perito citou ainda que foi identificado na vítima uma tatuagem no peito com o nome “Luci” e uma outra no braço esquerdo. O corpo foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML), no bairro Cristo Redentor em João Pessoa. Até o momento ninguém foi preso.

Portal Paraíba

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui