Reino Unido e Canadá fecham acordo comercial de transição pós-Brexit

Os premiês Boris Johnson (Reino Unido) e Justin Trudeau (Canadá) em agosto de 2019Number 10 (via Flickr) – 24.ago.2019

O Canadá e o Reino Unido chegaram a 1 acordo comercial provisório para o período pós-Brexit. O anúncio foi feito pelo primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, o líder do Parlamento britânico, Boris Johnson, neste sábado (21.nov.2020).

O “Acordo de Continuidade de Comércio Canadá-Reino Unido” estende a eliminação de tarifas sobre 98% das mercadorias exportadas entre os 2 países. Também é uma sinalização positiva para as futuras negociações em relação a 1 acordo permanente para 2021. A nação britânica separa-se da União Europeia em 1º de janeiro de 2021.

Comunicado do governo de Boris Johnson diz que o acordo possibilita que os países possam ir mais longe em áreas como “comércio digital, meio ambiente e empoderamento econômico das mulheres”. Também diz que o tratado protege o fluxo de £ 20,32 bilhões (R$ 145,25 bilhões) de bens e serviços entre os países depois do Brexit, além de “garantir milhares de empregos”. O documento é assinado por Liz Truss, secretária de Comércio Internacional do Reino Unido.

O Reino Unido é o 5º maior parceiro comercial do Canadá. Fica atrás de EUA, China, México e Japão.

Boris Johnson vem, nos últimos 2 anos, fazendo acordos com ao menos 53 países, responsáveis por £ 164 bilhões (R$ 217,82 bilhões) do comércio bilateral. A intenção seria conseguir negociar acordos comerciais melhores do que as nações têm com a própria União Europeia. Faltam 6 semanas para a separação formal com o bloco.

O acordo firmado com o Reino Unido depende da aprovação do Parlamento canadense. Mas o premiê Justin Trudeau classificou a assinatura do tratado como “1 bom momento”.

“A relação comercial e a relação histórica entre o Canadá e o Reino Unido são tão profundas que podemos ter certeza de que estamos fazendo uma transição perfeita com isso, o que estamos chamando de acordo de continuidade comercial Canadá-Reino Unido –que é perfeito para garantir que nossos negócios e os seus continuem funcionando bem juntos”, declarou Trudeau.

Para Boris Johnson, o acordo é “fantástico” para o Reino Unido por assegurar o comércio transatlântico com 1 país que tem relações econômicas expressivas com a Grã-Bretanha.

“As empresas britânicas exportam de tudo, de carros elétricos a vinho espumante para o Canadá, e o acordo de hoje vai garantir que o comércio cresça cada vez mais. Nossos negociadores têm trabalhado arduamente para garantir acordos comerciais para o Reino Unido e, desde o início do próximo ano, concordamos em começar a trabalhar em 1 novo acordo comercial sob medida com o Canadá que irá ainda mais longe no atendimento às necessidades de nossa economia”, afirmou o britânico.

Poder360

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *