Quadrilhas especializadas em golpes de auxílio emergencial em SP é desmontada pela Polícia Federal.

Visando combater fraudes na concessão do benefício do auxílio emergencial de R$ 600, pagos pelo governo Bolsonaro durante pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2), a Polícia Federal (PF) têm realizado operações em diversos estados pelo Brasil, desmantelando quadrilhas especializadas em aplicar golpes.

Depois de mais de dois meses do início do pagamento do auxílio emergencial, muitas famílias carentes e trabalhadores informais, prejudicadas pela pandemia, ainda não tiveram o benefício aprovado, devido a diversas fraudes, aplicadas por quadrilhas em todo o país.

Somente na última semana, uma operação da Polícia Federal, em conjunto com a Caixa Econômica Federal e a Polícia Militar de São Paulo, conseguiram desarticular duas quadrilhas especializadas em dar golpes para ter direito ao auxílio emergecial.

A Operação Covideiros, busca repreender, em especial, saques irregulares ocorridos na Zona Leste de São Paulo.

Ao todo, foram cumpridos 8 mandados de busca e apreensão e dois de prisão temporária, todos na cidade de São Paulo.

Os crimes cometidos pelas associações criminosas, são especialistas em clonagem de cartões, que, geralmente ocorrem em lotéricas, localizadas quase sempre no Ceará.

Por Welesson Oliveira 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui