Início Câmara em foco Procuradora Democrata da Geórgia quer abrir investigação criminal contra Trump

Procuradora Democrata da Geórgia quer abrir investigação criminal contra Trump

33

Os procuradores de Fulton County, no estado da Geórgia, abriram uma investigação criminal contra as tentativas do ex-presidente norte-americano, Donald Trump, de reverter os resultados eleitorais na Geórgia, afirma o The New York Times.

Esta quarta-feira, Fani Willis, a procuradora democrata de Fulton County, recentemente eleita, enviou uma carta a vários membros do governo estatal, incluindo Raffensperger, a pedir-lhes que preservassem os documentos relacionados com o telefonema de Trump.

Uma fonte citada pelo Times refere que a carta constatava de forma explícita que este pedido fazia parte de uma investigação criminal.

A investigação iniciada pela procuradoria de Fulton County surge dois dias após o gabinete de Brad Raffensperger ter decidido abrir um inquérito administrativo à chamada de Trump.

A Geórgia torna-se assim o segundo estado onde Donald Trump enfrenta uma investigação criminal, depois de Nova Iorque.

Segundo a fonte do NT Times, o telefonema que o ex-presidente fez ao secretário de estado da Geórgia foi apenas uma das diversas tentativas de Trump para persuadir os responsáveis republicanos do estado do sul dos Estados Unidos a descobrirem alegadas fraudes no processo eleitoral, que pudessem reverter o desfecho das eleições de 3 de novembro. Menciona, ainda, que no início de dezembro, Trump ligou ao governador republicano da Geórgia, Brian Kemp e pressionou-o a convocar uma sessão legislativa especial para reverter a derrota eleitoral no estado. No final desse mês, também telefonou a um investigador das eleições no estado e insistiu para que ele “encontrasse a fraude”.

AgoraNotíciasBrasil 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui