A Polícia Rodoviária Federal recuperou em Campina Grande, na tarde desse sábado (13), um veículo de luxo avaliado em mais de R$ 200 mil que havia sido roubado em João Pessoa. O veículo estava circulando clonado, com a placa de um automóvel sem registro de ocorrência.

Os policiais abordaram o carro, uma Toyota Hillux SW4, na Unidade Operacional da PRF no km 143 da BR 230, no município de Campina Grande. Ao consultar a placa não foi constatada nenhuma ocorrência. Porém, ao realizar uma fiscalização minuciosa, foi verificado que se tratava de um veículo roubado em setembro de 2019, na Capital.

O condutor, um jovem de 23 anos, informou que pagou a quantia de R$ 167 mil no veículo de luxo, preço abaixo do valor comercializado do mercado. Ao ser questionado de quem ele havia adquirido, ele repassou o nome e as características de um homem entre 30 e 40 anos. Porém, os policiais consultarem os dados e constataram que o homem já é falecido e que se estivesse vivo teria 81 anos.

Apesar do elevado valor do automóvel, o condutor ainda não havia transferido o bem para sua propriedade porque, segundo ele, o vendedor informou que um despachante providenciaria toda a transferência sem que ele precisasse comparecer ao órgão de trânsito competente. O homem foi detido e deverá responder judicialmente pelo crime de receptação de veículo roubado.

A PRF alerta que ao adquirir em veículo seminovo é importante conhecer a procedência, duvidar de ofertas muito vantajosas e sempre realizar todos os trâmites burocráticos de transferência de propriedade. Essas são dicas importantes para se evitar cair em golpes, ter prejuízos financeiros e ainda responder pela prática de um crime.

ParlamentoPB

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui