Presidente do Barça confirma que Arthur não volta: ‘Falta de respeito ao clube’

O presidente do Barcelona, Josep Maria Bartomeu, criticou o brasileiro Arthur, que se recusou a voltar para a Catalunha para terminar a Liga dos Campeões no clube. Já negociado com a Juventus, o brasileiro está no Brasil e decidiu não voltar para o Camp Nou para jogar o que resta da Liga dos Campeões.

“Chegamos a um acordo para que ele não termine a Liga dos Campeões. É um jogador que tem certa importância na equipe e que podia nos ajudar, mas não retornou das ‘mini férias’. É um ato de indisciplina inaceitável. Abrimos uma ação (disciplinar), porque não há nenhum argumento que justifique a sua ausência.

Ele ligou e disse: ‘não vou voltar, vou ficar no Brasil’. É decisão só dele, sem a permissão de ninguém”, contestou Bartomeu em entrevista ao jornal Sport.  “O que o Arthur fez é uma falta de respeito para com seus companheiros, porque a equipe tem vontade de ir bem na Champions.

E também falta de respeito para com o clube. Não é lógico na disputa de um título tão importante que um jogador decida sair. É injustificável e totalmente incompreensível”, completou.

Arthur não vinha jogando desde que foi negociado com a Juve e ficou no banco sem entrar nos últimos quatro jogos do Campeonato Espanhol. Incomodado com o clube pela forma como foi conduzida a negociação com os italianos, o brasileiro decidiu não pisar mais na Catalunha, apesar da contestação dos Blaugrana.

O Gol 

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *