Imagem: Hannah McKay/Agência Reuters

O governo do premiê Boris Johnson apresentou, nesta quarta-feira (9), uma lei ao Parlamento que propõe tutelar o mercado interno do Reino Unido no pós-Brexit.

A proposta também revisa alguns pontos do acordo já assinado com a União Europeia.

Na prática, a legislação autoriza anular partes do pacto, especialmente, no que tange à questão das fronteiras entre Irlanda Irlanda do Norte.

A medida, ventilada nos últimos dias, gerou reações negativas tanto no bloco econômico quanto entre aliados e opositores de Johnson.

Apesar das críticas, Johnson quer seguir em frente com o projeto e vai buscar a aprovação no Parlamento.

Johnson não teme ficar sem fechar o acordo com os europeus, que ele mesmo deu como prazo máximo o dia 15 de outubro, destaca a agência ANSA.

Ansa

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui