Foto: Secom/JP

Com objetivo conter a propagação da Covid-19, a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), em parceria com órgãos do Governo Estadual, deu inicio, nesta segunda-feira (1º), à fiscalização do cumprimento do decreto estadual, que foi assinado pelo prefeito Luciano Cartaxo e demais prefeitos da Grande João Pessoa e que prevê a adoção de medidas mais rígidas de isolamento social.

A ação conta com a participação de mais de 150 profissionais municipais e acontece em 12 pontos da Capital, sendo dois deles itinerantes.

Nos pontos de fiscalização as equipes verificam se a circulação de veículos, motos e pessoas está em acordo com o que prevê o decreto em relação às atividades essenciais, como trabalho e deslocamento para hospitais, farmácias e supermercados.

A Ação conta ainda com a distribuição de máscaras de proteção e terá caráter educativo até a próxima quarta-feira (3).

Só a partir do da próxima quinta-feira (4), quando o decreto passa a valer, poderão ser aplicadas sanções em caso de descumprimento.

Foto: Secom/JP

Foto: Secom/JP

O secretário de Desenvolvimento Urbano (Sedurb), Zennedy Bezerra, explica que o endurecimento dessas medidas é muito importante para que João Pessoa possa diminuir a curva de contaminação da doença e a pressão sobre o sistema de saúde.

“Todos os dias serão feitas avaliações dos resultados dessas ações, para que, em breve, o plano de retomada gradativa da recuperação da economia seja apresentado pelo prefeito Luciano Cartaxo”, explicou.

“É uma grande força-tarefa, integrada com órgãos do Governo do Estado, para que a gente possa melhorar o índice de isolamento social na cidade, uma medida fundamental para diminuir a contaminação. Temos 10 pontos fixos e mais dois em deslocamento pela cidade, inclusive com o auxílio das câmeras de monitoramento da Semob. Estamos orientando a população e pedindo a compreensão de todos para que fiquem em casa, que saiam quando realmente for necessário. Depois dessa ação, contando com a colaboração da população e tendo uma avaliação positiva dos resultados, a gente vai poder promover a volta às atividades de toda a sociedade”, acrescentou o secretário.

Estrutura – Cada ponto é composto por integrantes da Semob, Guarda Municipal, Sedurb, BPTran, Polícia Militar e Bombeiros, Detran, com a Semob coordenando as órgãos municipais, que dão apoio as fiscalizações.

A Semob ainda fica responsável pela sinalização viária, organização do fluxo e auxílio nas abordagens, e priorizando a passagem de viaturas do Samu, Bombeiros e ambulâncias.

Além do cumprimento ao decreto, as operações também verificam infrações de trânsito previstas no Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Paraíba Online 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui