A nova prefeita Eleita na cidade de Bayeux, Luciene de Fofinho (PDT) negou peremptoriamente nesta quinta-feira (20) apoio ou articulação do ex-prefeito Berg Lima em sua eleição que elegeu a nova prefeita da cidade por maioria de 13 votos, que segundo Luciene de Fofinho revelou que sua candidatura de prefeita foi lançada há dois anos e naquele momento oportuno de entra e sai de prefeito e o declínio da cidade que culminou com o novo afastamento de Berg Lima e a vacância do cargo, coloquei meu nome a disposição e a proposta tomou corpo e a união de demais vereadores de situação e oposição por uma nova eleição indireta na cidade Bayeux.

“Sou vereadora de oposição e votei pelo afastamento de Berg Lima e com o crescimento de vereadores da bancada de oposição com a chegada de Jefferson Kita à prefeitura e uma nova formação da bancada de veadores de situação insatisfeitos formamos um grupo e em consenso coloquei meu nome a disposição que prevaleceu o diálogo e meu nome foi unanimidade para concorrer a eleição indireta e quando o STF decidiu em 48 horas pela realização urgente da eleição o nome do colega vereador atuante Adriano Martins foi escolhido como vice-prefeito sem interferência externa exceto do deputado Federal Dr Damião que tivemos todo apoio partidário”, revelou.

A prefeita eleita adiantou também em relação as primeiras medidas sob posse do cargo que segundo ela, Luciene de Fofinha como é conhecida popularmente adiantou em primeiro “lugar estamos realizando uma auditoria que nos guie a direção por onde vamos seguir, o segundo ponto é o corte de veículos de luxo locados para ajudar na economia de Bayeux que foi atingida pela Pandemia e que gerou crise financeira e que precisamos tomar decisões para não prejudicar a população como já consta um atraso da folha de pagamento dos servidores referente ao mês de Abril e que essa auditoria vai nortear e mostrar os atos e pagamentos pelo nosso antecessor , Declarou.

Contudo, Luciene de Fofinho (PDT) afirmou pelo apoio e agradecimento do presidente estadual de seu partido na Paraíba, o deputado federal Damião Feliciano (PDT), que temos como objetivo de conseguir apoio em nível estadual e federal para solucionar os problemas da cidade de Bayeux, a prefeita eleita disse ainda da harmonia da Câmara Municipal para superar e governar em curto período, Luciene disse também que a corrida pela candidatura à prefeitura de Bayeux iniciou a dois (2) anos e que vai concorrer nas eleições de prefeito nas eleições de Novembro, reiterou.

Paraíba Urgente 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui