Apesar da intensa polêmica em torno do programa “Alô prefeita” criado por Luciene Gomes em Bayeux, ele deve ser ampliado para outros setores da prefeitura. A iniciativa desagradou entidades representativas de médicos e servidores porque a prefeita afixou cartazes nas unidades de Saúde orientando os pacientes a ligarem para um número de telefone a fim de reclamarem de eventual mau atendimento. Na primeira reunião com os secretários realizada na manhã desta terça-feira, 5, Luciene prometeu estender o mesmo sistema a outras áreas da gestão municipal. Será o “Alô secretaria”.

“Precisamos fazer o contato direto do nosso secretariado com a nossa sociedade, a ordem, a disciplina e principalmente humildade, então também será conquistado o ‘Alô Secretaria’ e cada secretario terá esse serviço à disposição da sociedade”, concluiu.

A assessoria da prefeita informou que no encontro com os auxiliares, Luciene ouviu as propostas e metas das secretarias e ressaltou que sua gestão será dividida em três pilares: disciplina, hierarquia e humildade.

Reação – O Sindicato dos Médicos da Paraíba e o Sindicato dos Trabalhadores Municipais de Bayeux repudiaram a criação do “Alô prefeita” e argumentaram que a iniciativa constitui assédio moral em relação aos servidores públicos.

ParlamentoPB

Compartilhar:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui