As dorgas foram apreendidas no município de Barra de Santa Rosa (Foto: Reprodução)

A Polícia Civil da Paraíba prendeu, na noite desta quinta-feira (24), três pessoas, sendo dois homens e uma mulher, e apreendeu mais de 10 Kg de maconha e algumas porções de cocaína no município de Barra de Santa Rosa, no Agreste paraibano.

A ação é uma continuação da “Operação Conexão”, iniciada na quarta-feira (23), que já havia apreendido 5 Kg de maconha e prendido duas pessoas envolvidas com o tráfico de drogas na região.

Até agora já são cinco presos e mais de 20 Kg de drogas apreendidas, entre maconha, crack e cocaína em decorrência da operação. Os mandados de busca e apreensão foram cumpridos nas cidades de Campina Grande, Guarabira e Barra de Santa Rosa.  As prisões foram realizadas em Guarabira, Barra de Santa Rosa e Campina Grande e a droga apreendida em Barra de Santa Rosa.

Segundo o delegado Cristiano Santana, da 12ª Seccional em Esperança, foi montada uma força-tatefa entre as equipes da Polícia Civil para desarticular o grupo e coibir o tráfico de drogas na região. “As ações das equipes lotadas nos GTE´s de Esperança, Picuí e Guarabira e da DRE de Campina Grande, foram desencadeadas na tarde de ontem. Nos dirigimos para as cidades de Campina Grande, Barra de Santa Rosa e Guarabira com o objetivo de cumprir os mandados de prisão e busca e apreensão, resultando com o êxito de mais etapa da Operação Conexão. As investigações foram realizadas pelo GTE de Esperança e DRE de Campina Grande”, explicou.

Para o delegado Jorge Luis, da DRE de Campina Grande, a Operação demonstra que havia uma organização atuando com intenso fluxo de drogas na região, mas a união das unidades da Polícia Civil é importante para desarticular esses grupos. “Podemos verificar que há uma forte conexão, marcada por um intenso fluxo de drogas  envolvendo os municípios de Barra de Santa Rosa, Esperança e Campina Grande, no entanto, a Polícia está preparada e unindo forças para coibir esse tipo de crime na nossa região”, destacou.

A Polícia Civil continua com as investigações da força-tarefa e outros alvos estão sendo levantados para a deflagração de futuras operações.

ClickPB

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui