A Polícia Civil espera concluir nas próximas horas o inquérito sobre a morte do ex-vice-prefeito de Brejo dos Santos, Edivan Guedes de Araújo, 53, assassinado na tarde de ontem (15) na cidade de Paulista, Sertão paraibano. Questões financeiras podem está relacionadas ao crime, segundo informou o delegado Sílvio Rabelo, responsável pelas investigações.

“A vítima, segundo informações preliminares, estava com problemas financeiros e essa questão dos problemas financeiros é uma das linhas de investigação. As equipes da Polícia Civil estão em campo e logo logo a gente vai chegar nas autorias e vamos desvendar o crime e concluir o inquérito”, disse o delegado.

Edivan Guedes de Araújo foi morto a tiros em uma funerária na cidade de Paulista. De acordo com a Polícia, Edivan era proprietário da funerária.

Segundo o delegado, um carro chegou com quatro homens na frente da funerária. Um deles, que estava no banco traseiro, desceu do carro e efetuou de dois a três disparos na vítima e logo em seguida fugiram.

Edivan foi vice-prefeito de Brejo dos Santos nos anos de 2013 a 2016.

ParmentoPB

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui