Cento e seis pessoas foram detidas, nesse fim de semana, nas ações e operações realizadas pela Polícia Militar, na Paraíba. Entre a sexta-feira (19) e o domingo (21), a corporação apreendeu 22 armas de fogo em 14 cidades e recuperou 27 veículos com queixas de roubo ou furto. O balanço com o resultado foi divulgado pela Coordenadoria de Estatística e Avaliação (EM/7) da PM.

Entre os motivos das prisões e apreensões, estavam os crimes de porte ilegal de arma, roubo, tráfico de drogas, ameaça, lesão corporal, furto, receptação e outros quatro tipos penais.

Pelo terceiro fim de semana consecutivo, a Polícia Militar encerrou comemoração com aglomeração, o que é proibido pelos decretos e coloca em risco a saúde das pessoas, por causa do crescimento dos casos do novo coronavírus na Paraíba. Na madrugada desse domingo (21), em uma casa, na praia de Jacumã, no Conde, Litoral Sul, a PM colocou fim ao evento que reunia aproximadamente 50 participantes e prendeu um casal que seria responsável pela festa. O caso foi levado para a Delegacia de Polícia Civil, em Alhandra.

Operação Previna-se – Até agora, 89 pessoas foram conduzidas para as delegacias por descumprimento dos decretos estadual e municipais, na Paraíba. Os dados são do Núcleo de Análise Criminal e Estatística da Secretaria de Estado da Segurança e Defesa Social e mostram os resultados das fiscalizações realizadas desde o dia 24 de fevereiro, quando as medidas restritivas entraram em vigor. No período, foram registradas 1.127 ocorrências de descumprimento de medidas sanitárias e 207 estabelecimentos comerciais foram notificados.

 Paraíba Urgente 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui