PM retira moradores de área de preservação ambiental no bairro de Mangabeira, em João Pessoa

Polícia retira pessoas em ocupação de área de preservação ambiental, no bairro de Mangabeira, em João Pessoa — Foto: TV Cabo Branco/Reproduçã

Uma operação policial começou a retirar moradores de uma ocupação de moradores em área de preservação ambiental no bairro de Mangabeira 8, em João Pessoa. A ação, iniciada nesta terça-feira (10), tem apoio da Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema) e foi realizada depois de uma denúncia de desmatamento e extrativismo ilegal.

O G1 entrou em contato com a Secretaria de Desenvolvimento de João Pessoa e do Estado, e a Sudema, para ter um balanço da ação e informar para onde essas famílias serão realocadas, mas não obteve resposta.

O tenente José Rusemberg disse à TV Cabo Branco que os moradores estavam desmatando a área e usando a madeira para construir residências.

Jéssica Araújo, representante dos moradores, disse à reportagem que a comunidade tem consciência de que está cometendo crime ambiental, mas que eles não têm outra escolha, já que não possuem abrigo ou moradia.

Ela afirmou que as famílias moram ali e fazem a extração há cerca de 8 meses e que a população está sendo retirada de maneira forçada, através da destruição das casas.

“Queremos moradia, a gente sabe que é crime ambiental, mas a gente não tem para onde ir, entendeu? São 480 famílias desabrigadas, aqui dentro dessa comunidade, vivendo de alojamento…. crianças, idosos que não têm para onde ir. Então, a gente tá fazendo apelo à prefeitura, ao estado, para ter uma posição à gente”, disse.

PM desarticula ocupação em área de preservação na PB após denúncia de desmatamento; moradores fazem apelo — Foto: TV Cabo Branco/Reprodução

PM desarticula ocupação em área de preservação na PB após denúncia de desmatamento; moradores fazem apelo — Foto: TV Cabo Branco/Reprodução

Fotos e materiais da área estão sendo recolhidos e serão enviadas ao Ministério Público, segundo a Sudema. O tenente Rusemberg informou que a PM tomou conhecimento da prática há pelo menos 10 dias e um trabalho de conscientização vem sendo feito.

“A Polícia Militar, junto com os outros órgãos envolvidos, somos sensíveis, mas nesse processo eles estão cometendo um ato criminoso, que é o desmatamento de uma área de preservação ambiental. Então, nós estamos fazendo esse trabalho paralelamente, conscientizando essas pessoas que essa prática que está sendo conduzida por eles é um crime”, destacou.

Ao G1, a assessoria de comunicação da Polícia Militar disse que a PM tenta impedir as ocupações no local há pelo menos uma semana. Informou também que segunda-feira (7) foram presos dois homens, de 35 e 38 anos, desmatando a área e demarcando lotes.

Em nota, destacou ainda que nesta quinta (10) foi feito um trabalho de orientação, sem a necessidade de uso da força policial.

Polícia é chamada por causa de denúncia de desmatamento, em Mangabeira
Polícia é chamada por causa de denúncia de desmatamento, em Mangabeira
G1PB

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *