O preso foi levado para a Delegacia de Polícia Civil de Sapé. Ele deve responder por feminicídio e ocultação de cadáver. (Foto: Pixabay/Imagem ilustrativa)

A Polícia Militar prendeu um jovem de 18 anos, que confessou ter assassinado a amante, uma mulher de 40 anos, e enterrado o corpo dela em uma cova rasa, em Sapé, na Zona da Mata paraibana. O crime aconteceu no domingo (29) e a prisão foi executada nesta quarta-feira (31).

O marido da vítima estranhou o desaparecimento da esposa e acionou a Polícia Militar. Em conjunto com a Polícia Civil, a PM chegou ao suspeito e ele confessou que matou a amante após terem uma discussão no domingo e enterrou o corpo dela no quintal da casa da avó dele.

Segundo informou a assessoria da Polícia Militar ao ClickPB, nesta quarta-feira, as equipes da 3ª Companhia do 7º Batalhão receberam a informação do desaparecimento da vítima e, nas buscas, encontraram o acusado, de 18 anos, em uma comunidade de Sapé.

Ele confessou o crime e revelou que o corpo da vítima estava enterrado no bairro Cuba de Cima, também em Sapé. O corpo foi encontrado no local indicado por ele, que ficava atrás da casa da avó do acusado.

O preso foi levado para a Delegacia de Polícia Civil de Sapé. Ele deve responder por feminicídio e ocultação de cadáver.

ClickPB

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui