Foto: Reprodução

Com o mandado de busca e apreensão na casa de investigado da Operação Calvário, em João Pessoa, a Polícia Federal acabou encontrando um celular enterrado em vaso de planta. O celular pertence a Sérgio Ricardo de Ribeiro Gama, ex-assessor de Arthur Cunha Lima, conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, também investigado pela operação.

Essa foi a nona fase da Operação Calvário realizada nessa terça-feira (27), que teve por objeto robustecer o conjunto probatório de situações detectadas nas fases anteriores, principalmente, no tocante ao crime de lavagem de dinheiro.

Foram expedidos seis mandados de busca e apreensão, pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), os quais estão sendo cumpridos nas cidades de João Pessoa, Cabedelo e em Brasília/DF.

As imagens dos policiais desenterrando o celular e falando com o investigado, que na hora disse que estava rezando próximo ao vaso, foram divulgadas na noite de ontem, pelo Portal G1. É possível ouvir Sérgio Gama falando muito nervoso com os policiais sobre o fato afirmando que iria entregar o aparelho e pede desculpas pelo que tinha feito.

Os policiais perguntam ainda se ele estaria escondendo mais alguma coisa e Sérgio responde que mais nada e se poderia pegar o celular de volta. Ele diz ainda que estava nervoso e que tinha levado um susto (com presença da PF em sua residência) e que não sabia o que fazer.

Paraíba Online 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui